RZR

20

Set

A corrida da superação!

Barra de São Miguel, a 28km de Maceió foi o local escolhido para a segunda etapa da Polaris Cup Nordeste. Destaque para o grid de 28 carros, com mais de 8 pilotos estreantes e um exemplo de superação no esporte. O piloto Antônio José Cavalcante, cadeirante de 49 anos, foi vice-campeão na categoria RZR 900.


Thiago Pereira, vencedor da categoria RZR XP Turbo

“Foram 3 meses de chuva sem parar. Fizemos uma pista de 19km que teve de tudo, uma das mais completas da história da Polaris Cup”, conta Deco Muniz, diretor de prova. “A etapa começou com um pouco de chuva, piso liso, passou por um canavial, mata, rio seco, paisagem que até lembrou o Jalapão, ficou muito rápida no final”.

A prova exigiu todas as técnicas de pilotagem. Mais um motivo para comemorar a superação de Antonio José Cavalcante. Sem movimento nos membros inferiores, ele pilota um Polaris RZR 900 adaptado. “Eu tenho uma alavanca do lado esquerdo que para baixo acelera e para cima freia. Com a outra mão, dirijo o volante, com o giratório”, explica. “Uma das piores situações foi no início da primeira prova, que estava chuviscando e meu capacete embaçava, sujava e eu não conseguia limpar. Mas deu tudo certo e continuei acelerando”.


Piloto Antonio José Cavalcante em seu Polaris RZR 900 adaptado

O primeiro contato dele com um Polaris foi em março deste ano, durante a primeira etapa. Antes disso, Cavalcante já tinha dado sinais que sua paralisia não o impediria de fazer o que quisesse. Em 2014, foi campeão da meia maratona de Fortaleza, já praticou tiro e foi o primeiro paraplégico do mundo a pilotar um Ultraleve em 1986.


Vista do parque fechado

Apaixonado pelo RZR, o piloto, que concorreu num grid de 12 carros na sua categoria, já tem planos para o ano que vem: “Vou começar a temporada 2018 com um Polaris XP Turbo!”. 

A próxima etapa da Polaris Cup Nordeste será dia 07/10 no Ceará!

 

 

Resultados da 2ª. Etapa

 

Categoria RZR XP Turbo

1º. Thiago Pereira

2º. Gustavo Xavier

3º. Nilo Italo Zampieri Jr.

4º. Felipe Costa Bronzeado

5º. Cid Eduardo Porto Sales

 

Categoria RZR XP 1000

1º. Charles Borges de Mesquita

2º. Marcos Paulo

3º. Humberto Maia W. Machado

4º. Alexandre Siqueira Queralvares

5º. Ricardo Henrique Torres

 

Categoria RZR 900

1º. Marcos Augustus Fidelis de Moura

2º. Antonio José Cavalcante Rangel

3º. José Edson Porciuncula Guimarães

4º. Andre Guilherme Beleza

5º. Eduardo Augusto Pedrosa Uchoa